Magistrados exigem medidas contra o crime

A Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj) divulgou nesta quarta-feira um ?manifesto à nação?, exigindo medidas imediatas para o combate à criminalidade. ?Temos de adotar medidas de amplo espectro para a rápida restauração da segurança pública. Sejam de curto, médio ou de longo alcance, que sejam implantadas de imediato?, diz um trecho do documento.?É preciso que nós, agora, para ontem, iniciemos o combate a esse crime organizado?, afirmou o presidente da Amaerj, Luiz Felipe Salomão, que assina o manifesto. ?Agora não tem partido, não tem vaidade institucional, a sociedade exige medidas concretas. Nós temos que ver essas medidas começarem a acontecer?, acrescentou.A associação já havia divulgado um manifesto por ocasião do assassinato do juiz Antônio José Machado Dias, na sexta-feira, em Presidente Prudente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.