Maia entrega à polícia relatório que recebeu de empresário assassinado

O prefeito do Rio, César Maia (PTB), enviou na manhã desta quarta-feira ao Chefe de Polícia Civil, delegado Álvaro Lins, um relatório que recebeu do empresário Albérgio Alexandre de Araújo, sócio do Bingo Arpoador, morto a tiros de fuzil no último sábado, em Búzios, Região dos Lagos.No documento, Araújo propõe um novo tratamento tributário para as casas de bingo e sugere que a alíquota do ISS sobre os serviços deste negócio diminua de 10% para 5%. De acordo com César Maia, os problemas no mercado de bingo começaram com um decreto do governo estadual publicado em 16 de novembro de 1999, que passou para a Loterj o controle sobre a exploração do jogo.Maia lembrou que a presidência do órgão foi entregue a Daniel Homem de Carvalho, que, segundo o prefeito, teria sido advogado do Bingo Arpoardor. Carvalho deixou o cargo na quinta-feira anterior ao crime e foi nomeado para a vice-presidência do Detran. O titular da Delegacia de Homicídios, Paulo Passos, informou, nesta quarta-feira, que vai intimar Daniel Homem de Carvalho a depor na próxima semana Na sexta-feira a polícia divulgará o retrato falado de um suspeito. Ele seria um homem moreno, com idade entre 30 e 35 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.