Maior dependência é a psicológica

Pesquisa realizada pelo Hospital A.C. Camargo, referência no tratamento contra o tabagismo, revela que os fumantes vão ter de controlar muito mais "a cabeça" para conseguir passar no teste de ficar em um bar ou restaurante sem acender um cigarro. Estudo com 6 mil fumantes que procuraram ajuda para parar de fumar mostra que a dependência grave de nicotina não chega a 20%, enquanto que 30% estão distribuídos entre casos de dependência leve e os outros 50% são fumantes com dependência psicológica.

, O Estadao de S.Paulo

08 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.