Maioria dos Estados tem aumento de homicídios

Revertendo uma tendência de queda, a maior parte dos Estados brasileiros apresentou aumento na quantidade de homicídios dolosos no ano passado, em relação a 2007. Dados do 3º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgados ontem indicam que 16 deles tiveram aumento desse crime, enquanto 7 apresentaram redução - os outros 4 não forneceram dados completos. Na edição anterior, apenas 1 de 12 Estados havia apresentado alta (os demais não forneceram dados). A situação contrasta com o aumento nos gastos em segurança pública, uma vez que 22 Estados elevaram seus investimentos - entre eles, 11 dos que tiveram aumento do crime. No total do País, os recursos subiram 13,3%, atingindo R$ 39,4 bilhões. "Não basta aumentar os gastos a cada ano. É preciso analisar como estão sendo aplicados esses recursos e direcioná-los para áreas estratégicas", diz o secretário-geral do Fórum, Renato de Lima. O Rio ainda lidera em quantidade (absoluta) de homicídios dolosos, com 5.717 ocorrências em 2008 - 3% mais que em 2007 -, apesar de ter subido para 12% o gasto com segurança. Proporcionalmente, Alagoas é o mais violento, com 66,2 homicídios por 100 mil habitantes. Em relação ao ano anterior, registrou aumento de 27% nos casos, apesar de ter investido 13% a mais em segurança. São Paulo teve redução nos casos, 4.426 em 2008 (-7,8%). Dados da Secretaria de Segurança Pública, porém, apontam que no segundo trimestre deste ano os latrocínios subiram 36,8% e os homicídios, 11%, em relação a igual período de 2008.

, O Estadao de S.Paulo

20 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.