Mais 13 bueiros apresentam risco de explosão em três pontos do Rio

Tampões foram identificados no centro, Tijuca e Botafogo; mais de 3,5 mil já foram avaliados

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

07 Setembro 2011 | 18h44

SÃO PAULO - Foram identificados na madrugada desta quarta-feira, 7, mais 13 bueiros com alto risco de explosão na cidade do Rio de Janeiro. Os bueiros foram encontrados durante uma vistoria feita a 410 tampões, realizada pela Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, na Rua Primeiro de Março, no centro da cidade, na Rua São Francisco Xavier, na Tijuca, e na Rua da Passagem, em Botafogo.

Nos 13 bueiros foi verificada a presença de gás. Em todos os casos o protocolo de emergência foi acionado, com a comunicação imediata ao Centro de Operações Rio e às concessionárias Light, de energia elétrica, e CEG, distribuidora de gás. Os bueiros foram isolados e sinalizados para reparo imediato pelas concessionárias.

Desde o inicio da operação, no dia 12 de agosto, foram vistoriados 3.429 bueiros na cidade. Com esse último balanço, se aproxima de 40 o total de bueiros que apresentaram risco. O monitoramento, independentemente do risco em bueiros, terá duração de seis meses e é uma iniciativa resultante do acordo de cooperação feito entre a Prefeitura do Rio, o Governo do Estado, o Ministério Público e o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro (CREA-RJ).

Mais conteúdo sobre:
bueirosriscoexplosãoRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.