Mais 17 animais sumidos do Le Cirque são apreendidos em MS

Entre bichos estão pôneis, lhamas, camelos, girafas e zebras; circo é acusado de maus-tratos e foi interditado

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

20 Agosto 2008 | 15h04

Uma denúncia anônima levou a Polícia Rodoviária Federal a apreender, na noite de terça-feira, 19, mais 17 animais do circo Le Cirque em uma chácara, às margens da BR-163, na altura do quilômetro 367, no vilarejo Prudêncio Thomaz, região de Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul.   Veja também: Acusado por maus-tratos, Le Cirque desaparece com animais   De acordo com a PRF, por estarem com mandado de busca e apreensão, foram apreendidos duas girafas, dois camelos, uma zebra, dez pôneis e duas lhamas. Os bichos foram encaminhados para Campo Grande, onde aguardam a elaboração de guia para transporte de animais, para, juntamente com o Ibama, seguir em comboio para Brasília, se a Justiça assim determinar.   Na segunda-feira, outros seis animais foram encontrados pela PRF, por causa dos mandados de apreensão do Ibama. Os cinco elefantes e um rinoceronte que estavam desaparecido estavam nas cidades de São Gabriel D'Oeste e Jaraguari, também no Mato Grosso do Sul.

Mais conteúdo sobre:
Le Cirque apreensão animais Brasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.