Mais 20 casas próximas à cratera do Metrô são vistoriadas

Técnicos e engenheiros da Defesa Civil, da Subprefeitura de Pinheiros e do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea) fazem a segunda etapa de vistorias em 20 residências que foram afetadas pelo desabamento das obras da futura Estação Pinheiros do Metrô. Um balanço sobre as vistorias deve ser divulgado no final da tarde desta quarta-feira, segundo a subprefeitura. Dos 55 imóveis interditados, seis já foram demolidos.Na terça-feira, os técnicos fizeram vistorias em 22 imóveis interditados após o acidente no canteiro de obras, no dia 12 de janeiro. Segundo o coordenador da Defesa Civil Adílson Alves de Morais, as casas vistoriadas não apresentam riscos à segurança dos moradores, mas a liberação só deve ocorrer após laudo liberatório da Subprefeitura de Pinheiros.A liberação depende também do laudo geológico da Concessionária, que será entregue nesta quarta-feira à Subprefeitura. Segundo a assessoria de imprensa da Subprefeitura, se o local não apresentar riscos, até o fim de semana os moradores poderão retornar às casas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.