Mais 240 municípios estão em situação de emergência no Norte e Nordeste

Estiagem afetas cidades do Ceará e Minas Gerais, enquanto Amazonas sofre com enchentes

Solange Spigliatti - Central de Notícias,

01 Junho 2012 | 08h08

São Paulo, 1 - Mais 240 municípios do Norte e Nordeste do País tiveram a solicitação de situação de emergência reconhecidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional.

As portarias de reconhecimento de situação de emergência por estiagem em mais 130 municípios do Ceará, 97 de Minas Gerais, e ainda de 13 cidades do Amazonas atingidas por enchentes ou inundações graduais foram divulgadas nesta quinta-feira, 31, no Diário Oficial da União.

Com isso, sobe para 1.974 o número de municípios com reconhecimento de situação de emergência ou calamidade pública em todo o País, segundo dados da Defesa Civil. Destes, 1.670 em razão de seca ou estiagem, dos quais 943 distribuídos pelos nove estados da região Nordeste, 629 no Sul, 97 no Sudeste, e um no Centro-Oeste, no Mato Grosso do Sul.

Amazonas. O governo do Amazonas entregou na última terça-feira, 29, os cartões Amazonas Solidário para as famílias afetadas pela cheia no interior. O auxílio no valor de R$ 400 poderá ser empregado na aquisição de alimentos, remédios e outros mantimentos de primeira necessidade. O auxílio financeiro beneficiou 6.385 famílias de Itacoatiara e Autazes e em Itacoatiara foram entregues outros 3.047 cartões.

Esta é a terceira etapa de entrega do cartão para os municípios em situação de emergência, contemplando mais de 16 mil famílias em sete municípios, segundo o governo do estado. Além de Itacoatiara e Autazes, o cartão chega às famílias de Manacapuru, Boa Vista do Ramos e Nova Olinda do Norte, além de Careiro da Várzea e Barreirinha, que estão em estado de calamidade pública.

Mais conteúdo sobre:
enchentesestiagemnortenordeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.