Mais 4 são processados por furto ao BC

Os advogados Márcio Souza da Silva e Marcos Aurélio Gomes de Almeida, o comerciante Celso Antônio Piedade (todos paulistas) e o cearense Valdemir Sousa do Nascimento estão sendo processados por lavagem do dinheiro furtado do Banco Central de Fortaleza. Eles foram denunciados pelo Ministério Público Federal. Márcio Souza teve prisão decretada. Todos são ligados a Marcos Rogério Machado de Morais, o Rogério Bocão, condenado a 49 anos e 2 meses de prisão por ser um dos líderes do grupo que furtou R$ 164,7 milhões do BC, em agosto de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.