Mais de 2,7 mil deixam suas casas no Rio devido às chuvas

Até agora, Estado contabiliza 1.868 desalojados e 900 desabrigados; em Angra, 52 morreram em deslizamentos

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

05 Janeiro 2010 | 17h14

No Morro do Carioca, moradores colocam pertences no telhado. Foto: Marcos Arcoverde/AE

 

SÃO PAULO - A Defesa Civil do Rio informou nesta terça-feira, 5, que 2.768 pessoas tiveram que deixar suas casas em função das chuvas desse início de ano no Estado: 1.868 estão desalojados e 900, desabrigados.

 

Veja também:

lista Leia a cobertura completa da tragédia em Angra dos Reis

 

Segundo o órgão, o número de mortos em consequência dos desabamentos provocados pelas chuvas na madrugada do dia 1º em Angra dos Reis chega a 52. Trinta e um corpos foram encontrados na Praia do Bananal, em Ilha Grande, e 21 no Morro da Carioca.

 

Os dois corpos que foram encontrados na Praia do Bananal nesta tarde foram encaminhados para o Instituto Médico Legal do Rio. Os trabalhos de buscas continuam na região.

Mais conteúdo sobre:
Rio chuvas Angra dos Reis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.