Mais de 20 cidades no interior de São Paulo são afetadas pelas chuvas

Na região de bauru, o rio Jaú transbordou durante a noite atingindo ruas e casas

José Maria Tomazela,

16 de janeiro de 2013 | 20h21

SOROCABA - Subiu para 22 nesta quarta-feira o número de municípios que recorreram à Coordenadoria Estadual de Defesa Civil em razão dos danos causados pelas chuvas que atingem o interior de São Paulo. Em Tietê, na região de Sorocaba, várias residências estavam inundadas no bairro Cornélio Pires, no final da tarde, por causa da chuva. Pelo menos 20 moradores deixaram as casas e foram se abrigar com parentes. Em outras partes da cidade houve quedas de muros e de árvores. A Defesa Civil ainda avaliava os estragos.

Em Jaú, na região de Bauru, o rio Jaú transbordou durante a noite atingindo ruas e casas. Veículos foram arrastados pela enxurrada. Pelo menos duas famílias tiveram de ser removidas por risco de desabamento. Em Limeira, região de Campinas, as chuvas abriram uma grande cratera na rotatória de acesso aos bairros Presidente Dutra e Barão de Limeira. A área foi interditada. Pelo menos duas pontes foram arrastadas pelas enchentes que atingiram o município de Caiabu, na região de Presidente Prudente. Cerca de 400 moradores ficaram ilhados.

Em Botucatu, as chuvas causaram a queda de grande parte do muro que separa as dependências da Universidade Estadual Paulista (Unesp) da vicinal Raimundo Putty, no distrito de Rubião Júnior, na madrugada desta quarta. De acordo com a administração do campus, ninguém ficou ferido e os veículos que transitavam pela estrada não foram atingidos. Uma equipe vai avaliar os danos e serão instalados tapumes provisórios para preservar a segurança dos usuários do campus.

Mais conteúdo sobre:
Chuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.