Mais de 25% dos voos da TAM e Webjet saem atrasado; Infraero registra 17% de atrasos

Até o meio-dia, 42 decolages foram canceladas em todo o País; 20 são da TAM e outros dois, da Webjet

Solange Spigliatti, Central de Notícias

05 de janeiro de 2011 | 12h06

SÃO PAULO - Mais de 25% dos voos domésticos das empresas aéreas TAM e Webjet programados para até a manhã desta quarta-feira, 5, registraram atrasos, segundo boletim das 12 horas da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Ao todo, 17,1% das partidas previstas desde a meia-noite saíram além do horário, o que representa 195 dos 1.138 voos; 42 foram cancelados.

 

Veja também:

lista Boletins dos aeroportos de hora em hora

linkAnac vai estender operação especial nos aeroportos de SP, Rio e Brasília

 

De acordo com o relatório, do total de 373 voos previstos na companhia aérea até as 12 horas, 101 (27,1%) registraram atrasos de mais de meia hora, dos quais 15 ainda não haviam partido (4%). Vinte (5,4%) foram cancelados. Já entre os 17 voos internacionais da empresa para esta manhã, oito voos (44,4%) tiveram alteração de horário. Nenhuma decolagem deste tipo foi cancelado.

 

Os vários cancelamentos e atrasos que a empresa vem registrando desde domingo, 2 se deve, segundo a nota divulgado ontem, a um conjunto de fatores, inclusive meteorológico, que dificultou a operação na volta do feriado, provocando atrasos acima dos níveis usuais.

 

Webjet. Os atrasos da companhia aérea Webjet também já atingiam quase um terço dos voos programados até o meio-dia. Das 56 partidas, 15 saíram depois do horário previsto desde a zero hora desta quarta. Duas foram canceladas.

 

Aeroportos. Em São Paulo, 16 dos 94 voos previstos no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, desde a zero hora desta quarta tiveram atrasos e três foram cancelados. Já em Congonhas, das 94 partidas programadas, oito saíram com mais de meia hora de atraso. Outros 17 foram cancelados.

 

No Rio, a situação é pior no Aeroporto do Galeão, onde quase 30% dos voos saíram atrasados - 19 dos 67 programados. No terminal aéreo Santos Dumont, apenas cinco das 66 decolagens previstas tiveram atrasos, no entanto, houve nove cancelamentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.