Mais de 30 mil pessoas voltam para casa em Santa Catarina

Segundo Defesa Civil, com baixa das águas, mais pessoas deverão sair dos abrigos ou das casas de parentes

Ítalo Reis, estadao.com.br

03 de dezembro de 2008 | 17h04

Com as baixas nas águas em algumas cidades de Santa Catarina, os moradores começaram a voltar às suas casas. Nesta quarta-feira, 3, o número de desalojados e desabrigados no Estado caiu para pouco mais de 35 mil, de acordo com a Defesa Civil. Agora, 8.089 estão desabrigados - vivendo em abrigos - e outros 27.236 estão desalojados - morando na casa de parentes ou amigos. Na terça, outras 10 mil tinham voltado para casa, reduzindo o número para 69 mil.  Veja também:Saiba como ajudar as vítimas das chuvas Paraná encerra doações a Santa CatarinaSolo pode demorar 6 meses para estabilizarTrabalhos na encosta impedem liberação de BR4,5 mil seguem sem energia no EstadoIML divulga lista de vítimas identificadas Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina Blog: envie seu relato sobre as chuvas Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas      Segundo o subtenente da Defesa Civil, Edemilson Irineu Corrêa, a maior parte das pessoas que voltaram para casa são moradores de Ilhota. "Lá, como houve bastante enchentes, agora o pessoal está voltando para limpar", explicou. De acordo com Corrêa, no município havia quase 40 mil pessoas sem casas e agora cerca de 5 mil estão fora de casa. "Isso explica a queda no números de desalojados e desabrigados". O subtenente da Defesa Civil disse ainda que este número vai cair ainda mais nos próximos dias. "Não recebemos o boletim de Blumenau ainda. Quando chegar, esse número vai cair mais". A quantidade de mortos no Estado subiu para 117 nesta manhã, assim como a de desaparecidos (32).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.