Mais de 50 pessoas são presas em operação contra tráfico no Pará

Operação prendeu líder da quadrilha e apreende produtos eletrônicos, drogas e armas de fogo

Solange Spigliatti - Central de Notícias,

01 Junho 2012 | 08h37

São Paulo, 1 - Mais de 50 pessoas foram presas nesta quinta-feira, 31, durante a Operação Tribus, desencadeada por policiais civis e militares, no Pará, segundo informações da Agência Pará de Notícias. Entre os presos está o líder da quadrilha, Deyvison Maia. Além das prisões, dezenas de produtos eletrônicos, veículos, drogas, armas de fogo e munição foram apreendidos.

A operação, que contou com 350 policiais, foi realizada no município de Barcarena, para desbaratar duas quadrilhas que atuavam na cidade, e eram responsáveis por crimes como tráfico de drogas e homicídios. Dos 52 presos, 15 são mulheres e sete são presidiários.

Ao todo, cerca 60 mandados judiciais de busca domiciliar e de prisão foram cumpridos na operação em Barcarena. Um caminhão foi usado para fazer o transporte dos objetos apreendidos, entre os quais, um sistema de aparelhagem de som completo, denominada "Tribusom", que segundo as investigações era usada para "lavagem" do dinheiro adquirido por meio da venda de drogas.

Segundo a Agência, dois grupos rivais foram responsáveis, nos últimos quatro anos, pelas mortes de 150 pessoas, em decorrência da disputa pelo tráfico de drogas na cidade. Entre os detidos estão presidiários responsáveis em comandar o esquema

Mais conteúdo sobre:
tráfico de drogas pará polícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.