Mais de mil detentos não voltam às prisões após indulto

Ao todo, dos 14.754 presos beneficiados com a saída temporária no Natal e ano-novo, 1.005 não retornaram às unidades prisionais do Estado de São Paulo, de acordo com balanço final da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Os detentos receberam indulto para passarem os feriados de fim de ano com a família. O índice de não retorno, 6,81%, foi o melhor dos dois últimos anos. O preso que não respeita o prazo da saída temporária passa a ser considerado foragido e perde o benefício do regime semi-aberto. Se recapturado, ele será encaminhado para o regime fechado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.