Mais dois morrem em outro desastre no Estado do Rio

Em uma semana marcada por graves acidentes de trânsito no Estado do Rio, mais duas pessoas morreram e pelo menos 30 ficaram feridas no choque entre dois carros e um ônibus, ontem pela manhã, em Rio Bonito, no Grande Rio. Os veículos transitavam na Via Lagos, quando um Gol que seguia na direção do Rio de Janeiro foi atingido por um Honda Fit. O Gol rodou na pista, chocou-se contra um ônibus e explodiu. Os dois ocupantes do carro morreram carbonizados. O acidente ocorreu no km 7. Os feridos são passageiros do ônibus Viação Rio-Ita, que seguia de Araruama, na Região dos Lagos, para Rio Bonito. O ônibus também foi incendiado. Os passageiros, com queimaduras e fraturas, foram levados para o Hospital Municipal de Rio Bonito. Na madrugada de ontem, morreu Airton Ferreira Macedo, de 46 anos, a sexta vítima do atropelamento na Avenida Santa Cruz, em Bangu, na zona oeste, que aconteceu no sábado. Macedo estava internado no Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo. Ele e outras seis pessoas preparavam uma festa junina quando a Parati, de placas BHJ-6686, dirigida pelo feirante André Leandro da Silva, de 39 anos, invadiu a calçada e atropelou o grupo. Apenas uma pessoa sobreviveu. Entre as vítimas estava um bebê de nove meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.