Mais investimentos em território gaúcho é prioridade para Tarso

Governador eleito do RS espera que o governo federal siga investindo no Estado para aliviar nós da infraestrutura

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

01 de janeiro de 2011 | 00h00

O governador eleito do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), está disposto a deixar de lado uma eventual rediscussão da dívida do Estado com a União para insistir na reivindicação que considera prioritária, a ampliação dos investimentos do governo federal no território gaúcho, sobretudo em infraestrutura.

Enquanto o governo estadual de Yeda Crusius (PSDB) fazia o ajuste fiscal que devolveu ao Estado uma pequena capacidade de investir com recursos próprios, o Programa de Aceleração do Crescimento do governo federal aplicou R$ 30,8 bilhões no Estado, como a duplicação da BR-101, a consolidação do polo naval de Rio Grande e a construção da Rodovia do Parque. A expectativa de Tarso é que o governo federal siga investindo para desafogar nós da infraestrutura como a falta de uma segunda ponte sobre o lago Guaíba, a ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho e obras que desafoguem o tráfego da BR-116 na região metropolitana de Porto Alegre, entre outras.

"Temos de potencializar a máquina pública para que faça mais e gaste menos", diz o governador eleito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.