Mais um agente penitenciário é morto em SP

Outro agente penitenciário, Paulo Gilberto Araújo, de 54 anos, foi executado a tiros, por volta das 6h30 da manhã desta sexta-feira, em São Paulo. De acordo com o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), o caso aconteceu no bairro de Casa Verde Alta, zona norte da cidade, na garagem da casa do agente.Conforme ainda a Polícia Militar (PM), o agente, que trabalhava no Presídio Adriano Marrey, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, chegou a ser levado para o Ponto Socorro de Vila Nova Cachoeirinha, mas não resistiu. A ocorrência foi registrada no 13º Distrito Policial da Casa Verde.De acordo com informações da Rádio CBN, um major da PM que atendeu a ocorrência, declarou que dois homens que estavam num Toyota Corolla prata, cujas chapas não foram anotadas, surpreenderam o agente quando ele chegava em casa e invadiram o local. Eles efetuaram três disparos e um deles acabou acertando Araújo. Os vizinhos escutaram os tiros e os pedidos de socorro da esposa e do filho do agente.Matéria alterada às 10h35 para incluir a identidade do agente penitenciário

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.