Mais um celular da Motorola explode e fere usuário

Mais um telefone celular explodiu em São Paulo, desta vez na cidade de São José do Rio Preto, no interior do Estado. Foi o segundo acidente com esses aparelhos da marca Motorola em menos de 15 dias.O telefone estava em cima de uma cômoda do casal Tutako e Jonas de Almeida, ligado na tomada para carregar a bateria que, depois de explodir, foi arremessada a uma distância de dois metros e atingiu as costas de Tutako. Assustada, a dona de casa tentou apagar o fogo com as mãos e se queimou. Antes de cair no chão, o aparelho fez um buraco no colchão do casal. Segundo Tutako, o telefone foi comprado há quatro anos numa loja especializada. Em 20 de março, um celular explodiu no bolso da calça de uma estudante de 14 anos, na cidade de Araras. A adolescente teve queimaduras de segundo grau na perna.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.