Mais um hotel é palco de crime em Manaus

Seis homens armados assaltaram e mataram o dono do Parque Ecológico e Restaurante Canoeiro, no quilômetro 17 da BR-174, que liga Manaus a Boa Vista, na noite de domingo. O bando seria fugitivo do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, localizado próximo ao parque, e fugiu em direção à capital de Roraima.A quadrilha chegou ao hotel por volta das 20 horas. Depois de dominar os empregados e violentar uma adolescente de 16 anos, os homens ficaram à espera dos proprietários, que haviam saído.Quando o empresário Sebastião Miranda, 50, chegou em casa, acompanhado de sua mulher Maria José de Souza, foi recebido a tiros pelos ladrões e morreu no local. Depois de baterem em Maria José, o grupo fugiu levando um celular, a carteira de Sebastião e o carro da família, abandonado depois próximo ao presídio Anísio Jobim.Este é o segundo assalto a pontos turísticos do Amazonas em 30 dias. No dia 20 do mês passado, um grupo armado invadiu o hotel de selva Amazonat Jungle Lodge, na rodovia AM-010, que liga Manaus a Itacoatiara, em Rio Preto da Eva. A exemplo do ocorrido neste fim de semana, os assaltantes também violentaram uma adolescente e atiraram no proprietário, que, no entanto, conseguiu sobreviver.

Agencia Estado,

07 de setembro de 2004 | 14h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.