Polícia Militar/Divulgação
Polícia Militar/Divulgação

Mais um ônibus é incendiado no MA; detento é assassinado

Ataque a coletivo aconteceu em São Luís; já homicídio de preso, na Unidade Prisional de Itamar Guará, no município de Imperatriz

Diego Emir, Especial para o Estado

23 Maio 2016 | 09h50

SÃO LUÍS - A onda de violência segue no Maranhão. Um novo ataque a ônibus foi registrado na noite deste domingo, 22, na capital maranhense e, em Imperatriz - segunda maior cidade do Estado -, um detento foi assassinado na Unidade Prisional de Itamar Guará.

Em São Luís, mais um ônibus foi completamente incendiado no ponto final da linha no bairro Altos do Turu. Desde quinta-feira, 19, facções criminosas já cometeram 15 atentados na região metropolitana, os quais sete terminaram com a queima total dos veículos.

Cento e vinto e oito homens da Força Nacional de Segurança chegam nesta segunda-feira, 23, a São Luís e vão auxiliar no combate à violência. A Secretaria Estadual de Segurança Pública já descobriu que os atentados estão sendo ordenados de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Em resposta aos atos violentos, mais de 50 pessoas já foram presas, as quais  suspeitas de incendiar os ônibus. Desde o domingo, policiais militares embarcam nos coletivos para evitar ataques.

"O monitoramento e a fiscalização terão a presença de oficiais da PM, do Procon e da MOB (Agência de Mobilidade Urbana). Transporte coletivo é serviço público essencial", afirmou o governador Flávio Dino (PC do B).

Homicídio. Na cidade de Imperatriz, Paulo Vitor Lopes Oliveira foi assassinado com um pequeno pedaço de ferro pouco depois do horário de visitas por volta das 16h30. O governo do Maranhão informou por meio de nota que uma sindicância foi aberta para apurar as circunstâncias do crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.