Mais um PM é preso em BH suspeito de integrar quadrilha

A Polícia Militar de Minas Gerais prendeu hoje mais um soldado da corporação suspeito de fazer parte de uma quadrilha de assaltantes. Ao todo, cinco policiais militares foram presos desde a noite de terça-feira, quando um grupo tentou assaltar um posto de fiscalização fazendária no município de Itabirito, região central do Estado. Dois PMs foram presos em flagrante e outros dois preventivamente, suspeitos de participar em junho de um assalto a um posto da Receita Estadual em Moeda, cidade vizinha a Itabirito.O cabo Carlos Roberto da Silva foi apontado pelos colegas presos como integrante da quadrilha. Ele prestou depoimento durante a madrugada ao delegado Adauto Corrêa e foi transferido para Belo Horizonte, onde estão os outros suspeitos. Silva, como os demais militares detidos, está lotado no Pelotão de Itabirito.Os policiais poderão responder a inquérito por formação de quadrilha, assalto e apropriação indébita. Eles também deverão responder a um processo administrativo disciplinar e podem ser expulsos da corporação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.