Mais uma imagem aparece em vidraça, agora em Tietê

Centenas de pessoas estão vendo a face de Nossa Senhora de Fátima na vidraça de uma casa no centro de Tietê, a 150 quilômetros de São Paulo. Desde que o imagem foi observada, na manhã de segunda-feira, até moradores de outras cidades estão indo ao local para rezar. A dona da casa, Maria Beloto Faulin, atribui a aparição a um milagre. "Depois de ver a santa aparecendo em tantos lugares, pedi com muito fervor para que viesse a Tietê, mas não esperava que fosse justamente na minha casa." Quem "descobriu" a santa foi uma menina que mora na mesma rua. Ele fora à casa dos Faulin, acompanhada da mãe, entregar um pequeno oráculo com a imagem de Fátima que peregrina entre os moradores. Quando saía, chamou a atenção para a vidraça. A notícia logo se espalhou. Na mesma tarde, a polícia teve de interditar parcialmente a rua por causa do movimento de curiosos. À noite, cerca de 120 pessoas iniciaram uma vigília que atravessou a madrugada. Hoje, moradores de cidades vizinhas, como Cerquilho e Laranjal Paulista, estavam chegando em lotações para ver o fenômeno. A comunidade organizou rezas do terço em vários horários. A professora Maria Lúcia Damiani, ao invés da santa, viu na vidraça uma pomba, símbolo do Espírito Santo. O pároco local, padre José Antonio Dalbó Giovanetti, também esteve na casa e confessa ter achado a imagem impressa na vidraça mais semelhante à do Sagrado Coração de Jesus. Ele acha que a Igreja deve dar mais atenção a esses fenômenos. "Deus age através de coisas normais, do dia a dia das pessoas." Se o fenômeno persistir, ele pretende comunicar o arcebispo de Sorocaba, dom José Lambert, e pedir um estudo de especialistas da Igreja. "Seria bom definir se essas aparições ocorrem por fenômenos naturais ou existe nelas algo de sobrenatural." A aposentada Mercedes Silveira, de 72 anos, não tem dúvidas: "É um sinal divino."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.