Mais uma vez, paulistanos enfrentam enchente

Apenas 40 minutos de uma chuva forte foram suficientes para causar 20 pontos de alagamento em São Paulo, arrastar carros pelas ruas, provocar o transbordamento de um rio e parar o trânsito.A média de precipitação foi de 16 milímetros, baixa em relação ao dia 22, quando choveu 47,7 mm, em média. Nesta quarta-feira, a região de Perus bateu o recorde, com 58 milímetros.O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura decretou estado de atenção - quando há possibilidade de inundação - em bairros da zonas norte, leste, sudeste e centro, além da Marginal do Tietê.As chuvas do início da noite foram mais intensas em Sapopemba, Aricanduva e Vila Mariana.O Córrego Aricanduva transbordou em dois trechos. O primeiro foi perto da Rua Juquiá, na Vila Aricanduva, zona leste. O local ficou intransitável; o segundo, na Rua Tumucumaque.A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que o trânsito ficou bloqueado na região. Outro ponto intransitável foi a Marginal do Pinheiros, onde a pista alagou no sentido Jaguaré-Santo Amaro.Também foram atingidos bairros da zona norte, como Freguesia do Ó, Limão, Casa Verde e Cachoeirinha. Na zona oeste, foram afetados pela chuva Jaraguá, Perus e Pirituba. Choveu fraco nos bairros Ermelino Matarazzo, Vila Jacuí e Itaquera, na zona leste.No cruzamento da Rua Turiaçu com Avenida Pompéia, carros ficaram boiando. O Corpo de Bombeiros teve muito trabalho. A corporação recebeu dezenas de chamados. Em um dos atendimentos, os bombeiros retiraram, sem ferimentos, um homem que estava em um carro arrastado pela água. O acidente aconteceu na Avenida Paula Ferreira, em Pirituba.Os bairros mais afetados, segundo os bombeiros, foram Perdizes, Pirituba, Piauí, Sé, Anhangabaú, Liberdade, Cambuci e Mooca. Em Osasco, houve alagamento no Jardim Rochdale. Vários pontos de Barueri ficaram alagados.Moradores do bairro do Limão, na zona norte, foram bastante prejudicados. De acordo com eles, até as casas que possuem comportas foram invadidas pelas águas. "Na rua, a água batia na altura da cintura", disse Soraia Aparecido Bueno, moradora da Rua Eulálio da Costa Carvalho.Por causa da chuva e de um acidente envolvendo dois caminhões, a pista da Rodovia dos Bandeirantes ficou completamente fechada no sentido capital-interior, na altura do km 42, na região de Cajamar.A colisão provocou quatro quilômetros de congestionamento no sentido capital, e dois quilômetros de lentidão no sentido contrário. Segundo a concessionária AutoBAn, responsável pela rodovia, a carga dos caminhões espalhou-se pela pista. Um veículo transportava madeira, e o outro, sucata.A Rodovia Presidente Dutra apresentou 5 quilômetros de congestionamento no km 195, em Arujá, no sentido São Paulo-Rio, por causa de um ponto de alagamento. A faixa da direita e o acostamento ficaram interditados.A pista no sentido inverso apresentou um quilômetro de lentidão, também por causa da água acumulada. Colaboraram René Santini e Ellen Fernandes

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.