DECEA/FAB
DECEA/FAB

Major-Brigadeiro Leonidas de Araújo é novo secretário-executivo do MCTI

O ex-deputado federal Júlio Semeghini foi exonerado do cargo, a pedido, em decreto publicado nesta sexta-feira

Mariana Hallal, O Estado de S.Paulo

23 de outubro de 2020 | 04h29

SÃO PAULO - O presidente da República Jair Bolsonaro trocou o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações em decreto publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 23. Júlio Semeghini pediu exoneração e o Major-Brigadeiro Leonidas de Araújo assumiu o cargo.

Leonidas engrossa o time de militares do governo federal. O brasiliense de 57 anos era subcomandante da Escola Superior de Guerra (ESG) e tem no currículo cursos de Administração de Material Bélico, Gerenciamento de Sistema de Controle do Espaço Aéreo e é instrutor de Educação Física. 

Semeghini, que deixa o cargo, foi eleito quatro vezes deputado federal pelo PSDB em São Paulo. O engenheiro formado pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI) também ocupou a presidência da Companhia de Processamento de Dados de SP (Prodesp) na gestão Mário Covas e foi Secretário de Gestão Pública de SP no governo Alckmin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.