Major da PM leva tiro no rosto

O subcomandante do 9º Batalhão da Polícia Militar (Rocha Miranda), major Carlos Henrique Alves de Lima, de 40 anos, foi baleado no rosto durante uma tentativa de assalto nesta terça-feira à noite, na Avenida Automóvel Clube, no bairro de Colégio, zona norte do Rio de Janeiro.Ele foi socorrido e levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, onde os médicos o operaram. Os criminosos fugiram.Lima havia acabado de deixar o batalhão, por volta das 20h30, e dirigia seu Vectra prata, placa LCG 1456. Num sinal de trânsito, próximo da estação do Metrô de Colégio, dois homens aproximaram-se do veículo.Eles não chegaram a render o policial militar. Assim que viram que ele estava fardado, um dos homens atirou na direção do major.O tiro entrou pelo queixo do major."Os médicos disseram que a bala percorreu a parte externa da garganta e saiu pelo braço", contou o comandante da PM, coronel Wilton Ribeiro, que esteve no hospital.O coronel determinou que os policiais do 9º BPM fizessem operação na Favela Pára-Pedro, próxima do local onde o major foi ferido."Já identificamos que os criminosos são de lá. Vamos dar uma contra-resposta todas as vezes em que eles agirem com essa ousadia. A PM vai fazer isso sempre, seja a vítima policial ou não", afirmou Ribeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.