Mal de Chagas atinge seis pessoas no PA

Pesquisadores do Instituto Evandro Chagas (IEC), de Belém, estão tentando descobrir a causa da contaminação pelo mal de Chagas de seis pessoas de uma mesma família de classe média alta da capital paraense- a mãe, seus três filhos, a nora e o neto de 8 anos. A mulher, de prenome Ana Atília, e os filhos Clésio e Érison, residem no edifício Antonio Barreto, no bairro do Umarizal. A nora de Atília, Jane, juntamente com o marido e o filho de oito anos, moram no bairro de Nazaré.Todos têm evitado maior contato com a imprensa, temendosofrer discriminação se suas fotografias aparecerem nos jornais.A família é do município de Óbidos, no oeste do Pará. Amedicação receitada pelo parasitologista Aldo Valente, do IEC,foi suspensa em fevereiro. Os doentes agora fazem o controle dadoença para evitar que surjam deformações pelo corpo ou seqüelasinternas, como problemas no fígado e coração. Leia Mais

Agencia Estado,

15 de março de 2001 | 04h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.