Mancha de óleo aparece na lagoa Rodrigo de Freitas

Uma mancha de óleo apareceu hoje na Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul. A suspeita é de que o óleo tenha vazado dos postos de gasolina que ficam ao redor da lagoa. Técnicos da Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema) estiveram no local e constataram falhas apenas no posto Piraquê, que fica próximo ao local onde a mancha estava mais concentrada. A assessoria da Feema informou que dentro de cinco dias um laudo técnico vai dizer o real dano causado pela mancha.No posto de gasolina, o sistema que separa a água do óleo apresentou problemas e os técnicos descobriram que as duas substâncias estavam entrando juntas, por galerias pluviais, na lagoa. "Por ser um óleo mais diluído do que o encontrado em refinarias, ele será mais facilmente absorvido", informou a assessora Laura França. Amostras do óleo foram recolhidas do posto e da água da lagoa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.