Mancha de óleo atinge Porto de Santos

Uma mancha de óleo, de aproximadamente cinco quilômetros de extensão, foi localizada hoje pela manhã pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) perto do Armazém 17, no Porto de Santos, no litoral sul paulista. Funcionários da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e da Petrobras instalaram barreiras de contenção para tentar impedir que o óleo atingisse o canal do estuário e as praias da Baixada Santista.Até o início da noite de hoje técnicos da agência de controle ambiental não tinham identificado a origem do vazamento e nem a quantidade de óleo, que se espalhava do Armazém 17 ao 33. Os responsáveis pela vistoria feita ao longo do cais afirmaram que o incidente não deve provocar maiores danos ao meio ambiente.

Agencia Estado,

25 de setembro de 2001 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.