Mancha Verde é toda magia no carnaval de São Paulo

Pode parecer profecia, mas os carnavalescos da Mancha Verde acertaram em cheio na escolha do enredo de 2007. O tema foi definido em agosto de 2006, muito tempo antes da Escola receber a notícia de que não poderia concorrer no grupo especial. Foi então que a última estrofe do samba, "esta magia vai continuar, em verde e branco recomeçar", virou hino para os integrantes, que prometem um espetáculo à altura do primeiro escalão. Somente no dia 20 de janeiro, faltando pouco menos de um mês para a data oficial das apresentações, a Liga das Escolas de Samba anunciou que a Mancha Verde não poderia disputar com as outras escolas. "É claro que ficamos chateados. Mas resolvemos deixar a alegria falar mais alto", afirmou o presidente da Mancha, Paulo Serdan. "No final das contas, a Mancha é a única escola que você compra a fantasia, que por sinal são as mais baratas, já sabendo que vai usar no desfile das campeãs", brinca Serdan. A certeza da vitória do presidente é porque, neste carnaval, a Mancha Verde disputa o título em uma categoria especial, chamada escolas de torcida. Acontece que, além da verde e branco - reduto dos palmeirenses -, não há mais nenhum outro concorrente. "Nem por isso, o nosso desfile será menos luxuoso. Nos preparamos para vencer qualquer escola", garantiu Serdan O tema que a agremiação vai levar para a avenida é: Decifra-me ou Devoro-te. Apocalipse, quatro cavaleiros, três profecias e quatro segredos. E por falar em segredo, os diretores mantém sob sigilo qualquer informação sobre as novidades da apresentação. "A única coisa que posso adiantar é que todas as 21 alas vão estar muito teatrais, cada uma com a sua própria dinâmica, interagindo com os cinco carros alegóricos", disse, com ar de mistério, o vice-presidente Rogério Carneiro. Ao todo, são 3.200 pessoas que vão desfilar pela Mancha. As fantasias são todas coloridas, com muitos enfeites e acessórios na cabeça. Mas a grande aposta da Mancha está realmente na bateria, que preparou algumas coreografias especiais para receber a modelo e madrinha Viviane Araújo.

Agencia Estado,

12 Fevereiro 2007 | 09h01

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.