Manhã foi marcada por atrasos no aeroporto Santos Dumont

O aeroporto Santos Dumont, de onde partem vôos da ponte aérea Rio-São Paulo, teve na manhã desta segunda-feira,4, uma série de atrasos. Por volta das 9 horas, horário em que é grande a movimentação de passageiros chegando e saindo da cidade, os aviões estavam decolando com 40 minutos atrasados, em média. Funcionários das empresas aéreas informavam que o problema era do tráfego aéreo no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que se refletia no Rio.As demoras pegaram de surpresa dezenas de passageiros. "Achei que isso já tivesse acabado", disse Renata Pereira, gerente administrativa paulista. Ela tinha uma reunião às 9 horas e chegou ao Rio somente às 9h45. "Meu vôo estava marcado para 8h05, mas decolou às 8h50. Isso é muito inconveniente."O farmacêutico Fernando Seixas parecia conformado. O rapaz teria de embarcar às 9h20, mas às 9 horas recebeu a informação de que o avião das 8h30 ainda estava em solo. "Eu já esperava por isso. Na sexta-feira, quando vim de São Paulo para o Rio, foi a mesma coisa." Seixas é carioca e mora em São Paulo.À tarde, a Infraero divulgou que a situação já estava normalizada no Santos Dumont. No aeroporto internacional Tom Jobim, as decolagens ocorreram na hora prevista durante todo o dia.No auge da crise provocada pela operação-padrão dos controladores de vôo, o Tom Jobim viveu dias bastante tumultuados, com atrasos de até dez horas. Já o Santos Dumont não chegou a sofrer impacto significativo.MinasDos 46 vôos que partiram do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, região metropolitana de Belo Horizonte, até às 17h desta segunda, 11 registraram atraso de mais de uma hora, segundo informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Dois vôos haviam sido cancelados. Segundo a assessoria da Infraero em Confins, as informações sobre atrasos e cancelamentos estão agora sob a responsabilidade da Anac, em Brasília. A assessoria da agência assegurou que não houve registro de reclamações de passageiros no terminal.

Agencia Estado,

04 de dezembro de 2006 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.