''Maníaco da Cruz'' diz querer matar mais

O rapaz de 16 anos que ficou conhecido como o "Maníaco da Cruz" depois de confessar o assassinato de três pessoas em Rio Brilhante (MS) afirmou ter vontade de continuar matando. Anteontem, ele prestou depoimento ao juiz da 1ª Vara Criminal de Dourados, que mantém o assunto sob sigilo. A delegada Maria de Lourdes Souza Cano, porém, afirma que o garoto não está arrependido. "Ele disse que, quando tiver chance, vai matar a prima de um amigo, esquartejá-la e beber o sangue."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.