Maníaco de BH vai a júri popular por morte de empresária

Marcos Antunes Trigueiro é acusado de, em 2009, ter estuprado e assassinado uma empresária de 27 anos; outras 3 mulheres também podem ter sido vítimas de Marcos

Priscila Trindade, do estadão.com.br

28 de junho de 2010 | 19h19

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) informou que Marcos Antunes Trigueiro, de 32 anos, será levado a júri popular na quarta-feira, 30, por estuprar e matar uma empresária de 27 anos. O crime ocorreu em abril de 2009, no bairro Alto dos Pinheiros, na região metropolitana de Belo Horizonte.

 

O julgamento terá início às 8h30 e será presidido pelo juiz Carlos Henrique Perpétuo Braga, presidente do 1º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette.

 

De acordo com o TJ-MG, no dia 16 de abril, a vítima foi abordada por Marcos quando estava em seu carro, acompanhada pelo filho de um ano e meio, no bairro Industrial, em Contagem. Ele simulou um assalto, entrou no veículo e determinou que a empresária conduzisse o carro para outro local. Em seguida, Marcos estuprou e estrangulou a vítima com um cadarço.

 

Em seguida, ele abandonou o carro em um campo de futebol no bairro Alto dos Pinheiros. Ele colocou o bebê sobre o cadáver da mãe e fugiu, levando o aparelho celular da vítima.

 

Marcos é acusado de violentar e matar pelo menos outras três mulheres, todas no bairro Industrial. Ele está preso desde fevereiro deste ano na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.