Maníaco diz ter matado 5 mulheres em Guarulhos

Apontado pela Polícia Civil como o "maníaco de Guarulhos", Leandro Basílio Rodrigues , de 19 anos, confessou ontem ter matado mais uma mulher. Viviane da Silva Correa, de 24, foi assassinada em 30 de setembro de 2007. O corpo foi encontrado dois depois na Viela André, Vila Rio de Janeiro. Até agora, o acusado admitiu ter executado cinco mulheres e roubado outras duas. Ele nega os estupros e alega ser impotente. Porém, é investigado pelo assassinato de mais duas jovens. Em depoimento ao delegado Jackson César Batista, da Divisão de Homicídios, Rodrigues disse que premeditou a morte de Viviane. Ele contou que em 30 de setembro de 2007 saiu de casa pensando em matar. Viu a moça na Vila Rio de Janeiro e a convidou para fumar crack. Ambos foram para a viela. Rodrigues acrescentou que após consumir a droga, deu uma "gravata" na vítima. Em seguida ,tirou as peças íntimas dela e ficou observando o corpo da garota por 10 minutos. Depois foi embora. Segundo a polícia, Viviane morreu asfixiada. Rodrigues também admitiu ao delegado ter roubado duas garotas. De acordo com ele, um dos roubos aconteceu em 20 de agosto deste mês, no Jardim Santa Clara. Ele disse que agiu da mesma maneira. Convidou uma garota para fumar crack. Depois deu uma "gravata" nela. A moça conseguiu fugir, mas ficou sem o celular e os documentos. Ela prestou queixa e reconheceu o acusado por fotos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.