Manifestação de estudantes complica trânsito em São Paulo

Dois grupos de estudantes, um da UMES e outro formado por alunos da rede pública, participam de manifestações na manhã desta sexta-feira, 11, em São Paulo, para reivindicar melhorias no ensino. Cerca de 2000 membros da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo (UMES) e de outras entidades estudantis, com carro de som, seguiam pela Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, no sentido centro, por volta das 10h30, ocupando todas as faixas. Após cruzarem a Avenida Paulista, a caminhada deve prosseguir até o Largo São Francisco em protesto contra a política de educação do governo paulista. Os estudantes saíram da Praça Armando Salles de Oliveira, no Ibirapuera. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o trânsito nas avenidas 23 de Maio e Washington Luiz estava complicado em direção ao Ibirapuera por volta das 11 horas devido à manifestação. O motorista deve evitar também a região da Avenida Paulista.Outro grupo formado por cerca de cem alunos da rede pública ficou concentrado na calçada da Rua Guaicurus, no cruzamento com a Rua Catão, na Lapa, zona oeste de São Paulo, nesta manhã, mas por volta das 11 horas, mas já saíram da região e a manifestação terminou.Congestionamento acima da média O índice de congestionamento em São Paulo, na manhã desta sexta-feira, 11, está bem acima da média, segundo medição da CET.Às 11 horas, foram registrados 104 quilômetros de ruas e avenidas congestionadas na capital, mais que o dobro para a média do horário que é de 48 km. A situação está complicada desde cedo. Às 9 horas, foram registrados 106 quilômetros de ruas e avenidas congestionadas na capital. A média para o horário é de 64 km. Já às 9h30, o índice aumentou para 110 quilômetros, quando a média é de 69 km para o período.Os dois piores trechos de lentidão estão na Marginal do Pinheiros, onde há 5,5 quilômetros de lentidão no sentido Castelo Branco da Rua Américo Brasiliense à Rua Tucumã.Na Avenida dos Bandeirantes, no sentido marginal, a lentidão é de 5 quilômetros entre o Viaduto Aliomar Baleeiro e o Viaduto Santo Amaro. De acordo com a CET, excesso de veículos, pequenos acidentes e a manifestação dos estudantes das entidades estudantis prejudicam o trânsito nesta sexta em São Paulo.Matéria atualizada às 11h25

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.