Manifestação de perueiros em SP chega ao 3º dia

No terceiro dia de manifestações, nove perueiros foram para os portões da Prefeitura vestidos de drag queen. De saia, bustiê, peruca e maquiados, eles pedem mais uma vez para serem recebidos pela prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT). De acordo com o líder da categoria, Laércio Ezequiel dos Santos, um dos travestidos, o apelo inusitado deve-se à simpatia da prefeita pelos homossexuais. "A prefeita briga apenas pelos gays", disse Santos. "Mas frisamos que respeitamos a categoria. Estamos vestidos assim para ver se ela nos recebe", disse.O secretário dos Transportes, Carlos Zarattini, classificou a manifestação como preconceituosa. "É uma avaliação preconceituosa do Laércio contra uma parcela da população que tem opções sexuais diversas da maioria, que é justo, legítimo. A gente estranha que essa manifestação dos perueiros descambe para esse tipo de preconceito", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.