Manifestação interdita Rua Líbero Badaró no centro de SP

A manifestação de cerca 1500 professores e servidores da rede municipal de ensino interdita a Rua Libero Badaró, na altura da Rua Miguel Couto, no centro de São Paulo, na tarde desta terça, 4.O grupo, que reivindica reajuste salarial, está reunido em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Gestão Pública desde as 14h30. Parte da categoria está em greve há oito dias. De acordo com informações da Rádio Eldorado AM, os professores votaram pela continuidade da greve por tempo indeterminado. Será realizada uma nova assembléia na próxima sexta-feira, 7, às 14 horas. TrânsitoQuem segue pela região central encontra trânsito complicado nesta tarde e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomenda que os motoristas evitem a região da Praça da Sé e da Praça do Patriarca. Às 16 horas, a CET registrou 39 quilômetros de congestionamento pelas principais vias da cidade, índice acima da média para o horário, que é de 32 quilômetros. O trecho mais crítico nesta tarde está na pista expressa da Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, onde o motorista segue em baixa velocidade por cerca de cinco quilômetros, entre as pontes Jaguaré e Cidade Jardim. No corredor norte-sul, formado pelas avenidas Rubem Berta, 23 de Maio e Moreira Guimarães, sentido Santana, há 2,5 quilômetros de lentidão a partir do Viaduto João Jorge Saad.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.