Manifestantes depredam 22 ônibus em Belo Horizonte

Pelo menos 22 ônibus metropolitanos foram depredados hoje durante uma manifestação de moradores do bairro Nova Contagem, em Contagem, na Grande Belo Horizonte (MG). Os manifestantes protestavam contra um novo aumento das passagens dos veículos intermunicipais em menos de seis meses e contra mudanças de itinerário. O incidente ocorreu no início da manhã, quando cerca de 500 pessoas, de acordo com a Polícia Militar, se reuniram em frente à garagem da empresa Viação Novo Retiro e cercaram os veículos que saíam do local. Os ônibus foram apedrejados e os passageiros obrigados a descerem. Cerca de 30 homens da PM foram encaminhados para o local. Os policiais precisaram controlar um princípio de incêndio em um dos veículos e usaram bombas de gás lacrimogêneo para dispersar a multidão. Os manifestantes furaram os pneus de alguns veículos para evitar que os ônibus circulassem. Houve muita correria. Duas pessoas ficaram levemente feridas. Ninguém foi preso. A ocorrência da PM informava que 40 ônibus haviam sido danificados, mas o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que foram 22 veículos depredados. As linhas 1167 A e B, que foram atingidas, atendem a cerca de 80 mil pessoas que vivem na região. Uma comissão de moradores foi formada e se reuniu com representantes da Novo Retiro. Além do reajuste de 16% nas passagens - que passaram de R$ 1,80 para R$ 2,10 - eles reclamavam da falta de veículos nos horários de pico e de mudanças no ponto final das linhas. Segundo a assessoria do DER, órgão que definiu o aumento, os moradores se revoltaram, principalmente, por causa do "péssimo atendimento" oferecido pela empresa aos usuários, o que foi comprovado por um estudo realizado pelo departamento e finalizado no dia 16 de abril. O DER informou que a maioria dos veículos voltou a circular durante a tarde. Nenhum representante da Viação Novo Retiro foi encontrado para se pronunciar sobre o episódio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.