Manifestantes fecham rodovia na Bahia em apoio a policial enjaulado

PM se trancou em jaula em protesto por ter sido condenado por um homicídio em 2003

Solange Spigliatti, estadão.com.br

06 Setembro 2011 | 09h46

SÃO PAULO - Cerca de 150 pessoas interditaram totalmente, na manhã desta terça-feira, 6, a Rodovia BR-324, na altura do km 622, em Jaqueiro do Carneiro, próximo a Salvador, na Bahia, em apoio ao policial militar que se mantém trancado em jaula.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o grupo fechou a rodovia por volta das 7h e aproximadamente meia hora depois a via foi parcialmente liberada. Às 9h15, o tráfego ainda era complicado na região, segundo a PRF.

O PM Jurandir Santana de Jesus, de 42 anos, acusado por homicídio em 2003, se trancou em uma jaula no fim do mês passado em protesto por ter sido condenado a 15 anos de prisão. A jaula foi erguida por ele na rua onde mora, em Salvador. Jurandir diz que é inocente e pede novo julgamento. Ele foi condenado em 2009.

Mais conteúdo sobre:
policial greve jaula Bahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.