Mantega: decisão sobre novo aeroporto não pode ser apressada

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quinta-feira que a decisão sobre construir um novo aeroporto em São Paulo não pode ser tomada de "afogadilho". Questionado por jornalistas após reunião sobre a crise aérea no Palácio do Planalto, Mantega disse que é preciso avaliar se é o caso de ter um novo aeroporto e citou que a construção demora de quatro a cinco anos. "Não há nenhuma decisão no sentido de construir um novo aeroporto em São Paulo", disse Mantega. (Por Isabel Versiani)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.