Mantega diz que não registrou crime, mas informou a Serra

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, apresentou na tarde desta terça-feira, 27, uma explicação para o fato de não ter registrado na polícia o assalto de que foi vítima, na madrugada de terça-feira de carnaval, em uma chácara de Ibiúna, no interior de São Paulo. Em carta endereçada ao jornal O Globo e publicada na edição desta terça, Mantega disse que, depois do assalto, ligou para o governador do Estado, José Serra, comunicando-lhe o ocorrido. "Como ministro de Estado, o que fiz é o equivalente a isso (registro da ocorrência)", afirmou Mantega, que vem sendo criticado por não ter dado o exemplo, como ministro. Na tarde desta terça, ao sair do Ministério da Fazenda, Mantega evitou fazer comentários sobre a ocorrência. "É assunto velho, que está superado", respondeu aos jornalistas que o questionaram.

Agencia Estado,

27 Fevereiro 2007 | 16h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.