Mantega espera vitória de Lula com 20 pontos sobre Alckmin

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse estar confiante na vitória do presidente e candidato à reeleição pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, por uma margem em torno de 20 pontos porcentuais de diferença sobre o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, conforme apontaram as últimas pesquisas de intenção de voto."A expectativa é que a população dê um voto de confiança no governo do presidente Lula e que vote pela continuação das política econômicas e sociais", disse o ministro, antes de votar no Colégio Pueri Domus, no Itaim Bibi, na capital paulista.Para Mantega, a elevação do tom do discurso da oposição não deve se perpetuar no segundo mandato do PT. De acordo com ele, a governabilidade nos próximos quatro anos poderá ser até melhor do que a verificada no primeiro mandato. "Uma vez terminada a eleição, os ânimos vão serenar e a oposição vai colaborar", afirmou o ministro, destacando que a aprovação da Lei Geral de Pequenas e Micro Empresas, na Câmara Federal, já mostra que o governo e a oposição poderão dialogar para passar projetos de interesse do País.Segundo Mantega, após a aceitação desta lei pelo Senado, o governo procurará os opositores para debater as reforma tributária. O ministro reconhece, entretanto, que essa reforma "é um pouco mais complicada, porque os Estados terão problemas".Permanência na FazendaO ministro ainda recusou-se a confirmar se permanece no cargo num eventual segundo mandato do presidente Lula. "É uma questão que se colocará depois e só o presidente Lula tem autoridade para falar sobre isso."Para Mantega, as discussões de bastidores em torno de diferentes nomes para substituí-lo na Fazenda não passam de especulações. "Até agora, o que nós temos são várias especulações. Aí, depois, veremos", concluiu.

Agencia Estado,

29 de outubro de 2006 | 13h12

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.