Mantidas prisões por morte de João Hélio

O Tribunal de Justiça do Rio manteve a condenação dos quatro envolvidos na morte do menino João Hélio Fernandes Vieites, cujo corpo foi arrastado por ruas da zona norte, em 7 de fevereiro de 2007. Em 30 de janeiro do ano passado, o grupo foi condenado pela 1.ª Vara Criminal de Madureira a penas que vão de 39 a 45 anos de prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.