Marcada data do julgamento de Suzane Richthofen

Foi marcado para 5 de junho o início do julgamento de Suzane Richthofen. A ex-estudante de direito, ré confessa do assassinato dos pais, Manfred e Marísia von Richthofen, esteve no Fórum da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, por volta das 16 horas desta segunda-feira, para assinar um termo em que assume estar informada da data marcada e se compromete a não sair do País até lá. Em 17 de janeiro, o Ministério Público de São Paulo entrou com pedido de prisão preventiva de Suzane e dos irmãos Daniel e Christian Cravinhos. Apenas os dois irmãos voltaram para a cadeia, em 23 de janeiro. Suzane continua livre pois o juiz não considera necessário que a ex-estudante de direito fique encarcerada. Suzane e os irmãos Cravinhos confessaram o assassinato dos pais dela mortos a golpes de paulada, na madrugada de 31 de outubro de 2002. Os assassinos simularam um assalto para desviar o foco da polícia.

Agencia Estado,

20 Fevereiro 2006 | 17h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.