Marcas de bebidas apostam em carnaval para aumentar lucro

As companhias de bebidas, sobretudo as de cerveja, apostam no feriado de carnaval para aumentar o faturamento e reforçar a imagem da marca para o consumidor. "É um retorno bastante forte de imagem, contudo os resultados são a longo prazo", avalia a gerente de comunicação de marketing da AmBev, Raquel Ogando. Através de suas marcas, a AmBev investe forte em ações de marketing tanto no carnaval do Rio de Janeiro quanto no de São Paulo. Segundo a executiva, a AmBev trabalha os investimentos no carnaval com base nas principais praças de consumo. "A idéia é que as marcas estejam presentes no carnaval, levando em consideração alguns critérios, como a relevância das marcas em determinadas praças e o tipo de ação que seja construtivo para o próprio posicionamento das marcas", ressalta Ogando. Em São Paulo, diz a executiva, a Brahma tem forte apelo. "Em Salvador, que tem um carnaval mais jovem, a Skol detém a preferência com patrocínio em três blocos, três festivais e cinco camarotes", emenda Raquel. A Skol também tem presença forte no Rio, patrocinando onze blocos de rua, como Suvaco do Cristo e Simpatia é Quase Amor, e com apoio a outros sete blocos independentes, entre eles Monobloco e Cordão da Bola Preta. A Antarctica, também da Ambev, é a patrocinadora oficial do carnaval pernambucano com ações e investimentos em Recife e Olinda. O Estado tem forte apelo em 2007, ano em que sua dança regional, o frevo, comemora 100 anos. A mexicana Femsa, fabricante, entre outras, da Kaiser, Bavária e Heineken, aposta na nova marca Sol. Em parceria com a distribuidora Norsa, a marca será a cerveja oficial de camarotes tradicionais, como o Expresso 2222, da mulher do ministro da Cultura Gilberto Gil, Flora Gil, e ainda de trios e ensaios do carnaval baiano. Tanto a Femsa, quanto a AmBev não divulgam valores de suas ações. Segundo o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv), os brasileiros estão bebendo mais e o carnaval representa o pico das vendas. De acordo com o superintendente do Sindicerv, Marcos Mesquita, apenas o núcleo de verão responde por 35% do consumo anual de cerveja, que, ao longo de 2006, ficou em 9,7 bilhões de litros. No carnaval, diz ele, a estimativa é de um consumo na ordem de 400 milhões de litros. Para Marcos Mesquita, com base nesses dados, é natural que as empresas de cerveja invistam nesta festa. "Promoções e campanhas de carnaval ficam na cabeça do consumidor. A pessoa relaciona a marca com a lembrança boa do carnaval", afirma ele, acrescentando que as pessoas estão dispostas a consumir mais no período. A executiva da AmBev, Raquel Ogando, admite que a data é especial para a empresa: "O carnaval é um período muito relevante pro mercado, é o auge do núcleo de verão." Além da cerveja Mas não é somente a indústria de cerveja que aposta no carnaval para aumentar seu faturamento. O whisky Ballantine´s, marca da multinacional francesa Pernod Ricard, entrou na onda e está investindo no carnaval baiano pelo sétimo ano consecutivo. Com investimento de R$ 600 mil, o whisky escocês aposta no patrocínio de três camarotes - Salvador 2007, Fest e o estreante Reino da Folia - que juntos devem atrair, diariamente, mais de 4 mil pessoas. Para a gerente de produto da Pernod Ricard Brasil, Roberta Castro, as ações para o carnaval baiano foram inspiradas no novo conceito institucional da marca "Leave an Impression". "Queremos que os foliões se identifiquem com esse novo conceito da marca, que valoriza a autenticidade e a essência das pessoas especiais e levem as melhores lembranças do carnaval, deixando suas impressões e estilos, em cada momento da folia." Neste carnaval, a Pernord Ricard também vai atuar com outras marcas, como o Ron Montilla, que vai patrocinar camarotes e trios elétricos no carnaval de Recife e Olinda, em Pernambuco. Esses investimentos fazem parte das ações planejadas para 2007, ano em que a marca comemora 50 anos. Para isso, serão investidos R$ 20 milhões ao longo do ano. "Queremos reforçar nossa ligação com a cultura nordestina e brindar os 50 anos de Montilla e os 30 anos do maior bloco de rua do mundo", comenta Ricardo Souza, diretor de Marketing da Pernod Ricard Brasil. O whisky Teacher´s, também da Pernord Ricard, vai marcar presença no carnaval pernambucano, patrocinando trio elétrico.

Agencia Estado,

14 Fevereiro 2007 | 14h27

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.