Marcha de evangélicos reúne 500 mil em SP

Mais de 500 mil pessoas se reuniram na manhã de hoje no início da 10ª Marcha para Jesus, realizada nas ruas da zona Norte de São Paulo. O ato agregou evangélicos de mais de 30 denominações. A marcha saiu da estação Parada Inglesa do Metrô e seguiu até a praça Heróis da FEB. A expectativa dos organizadores era reunir dois milhões de pessoas. Adolescentes, idosos, casais com criança de colo e até um grupo de policiais evangélicos entoavam canções Gospel, embalados por 36 trios elétricos, e oravam acompanhando as palavras dos bispos espalhados pelos carros. "Aqui é a nossa nação que se torna uma igreja só, caminhando para um único objetivo, que é um Brasil melhor e com mais paz", disse a consultora Silvana Magda Mariani, de 30 anos, da Igreja Renascer Em Cristo. Até mesmo os presos do complexo do Carandiru e do presídio da Policia Civil, na Avenida Zaki Narchi, participaram acenando e trocando gritos de " Jesus Te Ama" com os participantes. Um grupo de detentos do Carandiru se amontoava numa das janelas, acenando a todo minuto às pessoas que passavam. Os policiais detidos no presídio da Polícia Civil estenderam uma faixa na janela saudando a marcha.O ato deste ano foi o maior desde a primeira edição, há 10 anos. Quatrocentas caravanas de cidades do interior de São Paulo e de outros estados participaram do encontro. A marcha foi organizada pela Fundação Renascer, da bispa Sonia Hernandes. Os organizadores prevêem que até às 20 horas uma multidão continuará reunida na praça Heróis da FEB, onde está programada uma série de shows musicais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.