Marginal do Tietê alaga e complica trânsito em SP

O motorista vai encontrando uma situação caótica em boa parte da Marginal do Tietê, principal ligação entre as zonas leste e oeste da capital paulista. O nível do Rio Tietê está muito alto em vários pontos, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).O tráfego continua interditado por completo em ambos os sentidos da Marginal do Tietê e nas pistas local e expressa perto da Ponte Aricanduva, na zona leste, o que já provoca um grande congestionamento nesse início de manhã. Na pistas sentido Penha-Lapa, o tráfego de veículos também está interditado junto às Pontes Vila Guilherme e Casa Verde, na zona norte.A CET teve de ineterditar o tráfego na pista expressa sob a Ponte das Bandeiras para evitar que o motorista siga em frente e chegue até a zona norte. Um outro ponto de alagamento, porém transitável, dificulta a vida do motorista na proximidades da Ponte da Vila Maria. Vários acessos à Marginal do Tietê estão bloqueados para quem sai de bairros das zonas leste e norte proximos às Pontes cujas pistas continuam bloqueadas.Quem segue na Avenida do Estado, na pista sentido Ipiranga-Santana, fica parado no trânsito em razão de um enorme ponto de alagamento sob o Viaduto Fepasa. O trânsito na Radial Leste no sentido bairro-centro começa a ficar complicado. Até às 4h30 desta manhã, um ponto de alagamento interrompia o tráfego de veículos sob o Viaduto Guadalajara, na região do Belém, zoa leste.DesmoronamentoSegundo a Defesa Civil Municipal, foram registrados nesta madrugada desmoronamento de residências no Campo Limpo (zona sul), Jaguaré (zona oeste) e Cidade A. E . Carvalho (zona leste). Vários muros vieram abaixo na Lapa (zona oste), Vila Eulália (zona leste) e Jardim Boa Vista (zona norte). O vento causou quedas de árvores na Lapa (zona oeste), Barro Branco (zona norte) e Pq.Novo Santo Amaro (zona sul). Apesar de todo o estrago, não houve registro de vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.