Marido assassina a mulher a facadas

Após três anos de convivência, Eduardo Tadeu dos Santos, de 30 anos, matou Viviane Canuto Ferreira, de 24, com vários golpes de faca, ontem à noite na residência do casal no Parque Santo Antônio, Zona Sul. Os dois tinham uma filha de 1 ano e oito meses que, segundo testemunhas, viu parte do crime.O casal chegou a entrar em luta corporal e ele também se feriu com alguns golpes. Santos foi medicado no Pronto Socorro de Campo Limpo, para onde a mulher também foi levada, antes de morrer. Fora de perigo, ele teve alta e foi levado ao 92º DP (Parque Santo Antônio), onde foi autuado em flagrante por homicídio.Segundo vizinhas de Viviane, o casal vinha discutindo há tempos e as ameaças de morte por parte do marido eram constantes. "Ele a ameaçava com faca mesmo. Ameaçava matá-la do jeito que a matou. Ele também andava assistindo a uns filmes estranhos. Filme de morte", conta uma das amigas de Viviane.Eduardo recebeu voz de prisão enquanto era medicado. Nesse momento foi também informado da morte da mulher e não demonstrou arrependimento. A polícia ainda não tem a versão do homicida para o crime, pois ele preferiu só falar em juízo."Ele disse que só se pronuncia em juízo, mas será indiciado por homicídio doloso (com intenção) por motivo fútil, pois o crime nasceu de uma discussão. O que gerou essa discussão deverá ser ainda esclarecido", declarou o delegado Rodrigo Patto do 92º DP.

Agencia Estado,

23 de janeiro de 2006 | 11h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.