Marido de babá detido por abuso

Homem é acusado de molestar garota e agredir irmão

José Maria Tomazela, SOROCABA, O Estadao de S.Paulo

20 de março de 2009 | 00h00

O marido de uma babá foi preso anteontem em Porto Feliz, a 120 quilômetros de São Paulo, acusado de abusar sexualmente de uma menina de 7 anos na casa onde a mulher trabalhava. A denúncia foi feita pela mãe da vítima. O desempregado Valmir Cunha, de 29 anos, também é acusado de agredir o irmão da vítima, de 10. Ele é suspeito de ter molestado duas enteadas, filhas da babá, de 10 e 12 anos. A mulher de Cunha, Rosana Coelho, cuidava do casal de filhos de uma vizinha. O desempregado passou a frequentar a casa e, quando Rosana saía, ele trancava o menino no banheiro e levava a irmã dele para o quarto. Numa das ocasiões, o garoto reclamou e foi colocado de joelhos e agredido. A mãe da menina disse que só soube quando a babá pediu demissão, no mês passado. A criança passou a ficar com a avó e acabou revelando que era molestada. Segundo o delegado André Bonan, Cunha molestou as enteadas. A mais velha disse para a mãe que ele a impedia de se vestir depois do banho. A babá negou que soubesse. O suspeito teve a prisão temporária decretada e vai responder por atentado violento ao pudor. A pena varia de 6 a 10 anos de prisão. EXPLORAÇÃOO ex-policial civil Elias Teixeira foi preso na manhã de ontem em Taubaté, acusado de explorar sexualmente três menores, filhas de sua amante, Aparecida Campos Silva, em São Luís do Paraitinga. O crime ocorria havia meses e foi denunciado por moradores. Teixeira levava a filha para a escola quando foi detido. De acordo com a delegada Vânia Zácaro de Oliveira, o ex-policial, que foi expulso da instituição por receptação de carros roubados, explorava as crianças, de 9, 11 e 13 anos, com o consentimento da mãe. "Há suspeita de que ele também mantinha relações sexuais com as meninas." A mãe foi presa e negou envolvimento. Na casa dela, onde as crianças faziam programas, havia mais de cem DVDs pornográficos, celulares, armas de brinquedo e duas motos furtadas. Na casa do acusado, em Taubaté, foram encontrados DVDs, armas e livros sobre sexo. COLABOROU SIMONE MENOCCHI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.