AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Marina diz que campanha virou 'vale-tudo eleitoral'

A senadora Marina Silva (PV-AC) criticou ontem o rumo tomado pela campanha dos candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) no segundo turno da disputa presidencial. Em entrevista ontem à TV Estadão, Marina disse que os candidatos estão desperdiçando a chance de promoverem a discussão sobre assuntos relevantes. Para ela, a busca pela vitória está transformando a eleição numa espécie de "vale-tudo eleitoral".

Marcelo de Moraes, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2010 | 00h00

"Em vez de fazerem uma discussão mais profunda sobre os assuntos centrais, os candidatos estão discutindo o aqui e agora. A campanha está muito pulverizada na discussão de temas e quase virando um vale-tudo eleitoral", disse a senadora.

Para ela, os candidatos não perceberam que o seu desempenho representou um recado claro dos eleitores para todos os participantes da disputa. "O eleitor está buscando nos candidatos um encontro com o que ele deseja. Ele quer convergência e não um confronto", avaliou.

Na entrevista, Marina defendeu também a aprovação de uma ampla reforma política, incluindo a possibilidade de criação de "candidaturas cívicas", onde pessoas sem filiação partidária, mas que cumprissem determinados requisitos, poderiam se candidatar também.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.